Dor crônica – tratamento natural – tratamento neuromodulação – tratamento acupuntura – tratamento medicamentos

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Dor crônica – existe tratamento

As pessoas que vivem com dores crônicas acumulam sofrimentos. Além do desconforto e limitações que a dor lhes impõe, elas ainda têm que enfrentar muitas vezes a incompreensão familiar, a pouca aceitação social e a discriminação no trabalho.

Clínica tratamento dor, dor crônica, dor de cabeça, estresse, stress, cefaleia, insônia, enxaqueca.

Ouço com frequência os lamentos e choros desses “seres tão incompreendidos”.

Dor crônica é uma doença. É uma doença que comporta múltiplos componentes. Em geral a lesão estrutural em alguma parte do corpo “pode existir” ou até ter “desaparecido”. Porém, a dor persiste, maltrata, mesmo sem uma lesão aparente.

Esses pacientes buscam incansavelmente por lesões que possam justificar tamanha dor, mas os exames de imagem não mostrarão nada, absolutamente nada. Quando existem, muitas vezes, as lesões não justificam a intensidade e a limitação provocada pela dor que o paciente sente.

Cansados de buscar tratamentos que não lhes resolve o problema, depois de um tempo esses pacientes passam a se automedicar. Seguem sugestões dos amigos, vizinhos, conhecidos e muitos chegam a comprar produtos ou aparelhos que prometem soluções milagrosas.

Nesse contexto, surgem os pacientes com dores crônicas dependentes de medicamentos analgésicos e de anti-inflamatórios. Então teremos além da dor crônica, uma dependência química. A dor não será superada sem a reversão da dependência desses medicamentos.

Toda dor crônica carrega consigo um defeito de funcionamento (disfunção) do sistema nervoso. Essa disfunção deve ser tratada. Nesse sentido, nos últimos anos vêm sendo desenvolvidos/aperfeiçoados os recursos que promovem neuromodulação (modificação do funcionamento do sistema nervoso), tais como: alguns medicamentos e estímulos elétricos no sistema nervoso.

A neuromodulação está promovendo grandes avanços no tratamento de pacientes com dores crônicas e depressão, que costumam estar associadas.

Dica importante para pacientes e familiares de pessoas que padecem de dor crônica: existe tratamento. Podemos oferecer os cuidados que esses pacientes merecem. O tratamento deve ser individualizado e customizado para cada paciente.

A associação de diversos recursos é o melhor caminho, sendo eles: medicamentos e técnicas de estimulação elétrica que promovam neuromodulação, acupuntura, exercícios físicos, apoio psicológico e educação do paciente entre outros recursos mais.

Com os avanços recentes, sobretudo dos recursos que promovem neuromodulação, já podemos concordar com o nosso querido Carlos Drummond de Andrade: “a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *