Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

ENXAQUECA CRÔNICA

Existe tratamento

Consideramos que uma pessoa tem enxaqueca crônica quando a mesma passa a apresentar dores de cabeça por mais de 15 dias ao mês por um período superior a 3 meses.

Uma das características da enxaqueca crônica é a grande variação na intensidade da dor entre um dia e outro, como também num mesmo dia. Muitas vezes a dor pode aparecer apenas como um aperto na cabeça, de intensidade leve a moderada, sem latejar e sem nenhum outro sintoma. Outras vezes a dor vem como nas crises de enxaqueca do tipo episódica, ou seja, forte, latejante, com náuseas e vômitos. A dor pode se localizar em diferentes áreas da cabeça.

enxaqueca crônica

IMPORTANTE: Muitas vezes, a enxaqueca crônica pode estar associada ou ser confundida com a dor de cabeça secundária ao uso abusivo de analgésicos. Cerca de 50% dos pacientes com enxaqueca crônica também desenvolvem esse segundo tipo de dor de cabeça.

Pessoas com enxaqueca crônica precisam ser cuidadas por médicos qualificados no manejo de pacientes com esse distúrbio.  Um acompanhamento estreito do paciente é fundamental. Esses pacientes necessitam de muita orientação e de um médico bastante disponível. O tratamento ideal é aquele que integra vários recursos simultaneamente. Técnicas de eletroneuromodulação periférica devem estar presentes no tratamento desses pacientes. A Dra. Jerusa Alecrim cuida de pacientes com enxaqueca há 20 anos e integra tudo que há de mais moderno no tratamento dos seus pacientes.