Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Cefaleia na Criança

Apenas um sintoma

Dor de cabeça é apenas um sintoma. Por trás de uma dor de cabeça na criança podem estar vários distúrbios, tais como hipotireoidismo, defeitos de refração (problemas na visão), jejum prolongado, problemas de má-oclusão dentária, entre outros.

As dores de cabeça mais comuns na criança são a enxaqueca, a cefaleia tensional e a cefaleia tensional crônica. Todas essas cefaleias são primárias, ou seja, não podem ser atribuídas a outras causas. Porém, na maioria das vezes essas dores de cabeça primárias estão associadas a algum transtorno psicológico e/ou psiquiátrico, tais como: distúrbios do sono, estresse pós-trauma, ansiedade, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), distúrbios de aprendizagem, enurese noturna (perda de xixi durante a noite), alterações na defecação, situações de abuso psicológico, físico ou sexual, entre outras.

Headache

A enxaqueca nas crianças pode se manifestar com quadros parecidos aos dos adultos, porém a dor dura de 2 a 72 horas e a localização é dos dois lados na testa e nas partes laterais da cabeça. No entanto, muitas vezes o que dificulta o diagnóstico precoce da enxaqueca é o fato de que ela, na criança, pode se manifestar sem dor e de outras formas. Uma delas com crises intensas náuseas e de vômitos que requer tratamento em pronto socorro, pois muitas vezes é necessária a hidratação e administração de medicação endovenosa. Esse quadro se repete de vez em quando e depois de um tempo costuma evoluir para um quadro mais característico da enxaqueca. É frequente nesses casos a existência de um familiar próximo com história de enxaqueca.

Outra forma de manifestação da enxaqueca na criança é através de crises de dores em cólicas no abdômen. Essas dores aparecem, duram alguns dias e desaparecem. Depois de um tempo voltam. Os exames não mostram nenhuma alteração no corpo que justifique essas crises de dores e muitas vezes, os pediatras não identificam que isso pode ser uma manifestação da enxaqueca na infância.

Crises de tonturas e vertigem sem dor é outra forma que a criança pode manifestar sua enxaqueca.

Quando o pediatra da criança não encontra causas que justifiquem esses sintomas seria interessante procurar um médico que trabalha com pacientes com dores de cabeça.

A Dra. Jerusa Alecrim é médica pediatra e tem experiência no tratamento de crianças com enxaqueca. Seu doutorado foi sobre os efeitos da acupuntura no tratamento da enxaqueca. Ela cuida desses pacientes associando acupuntura a medicamentos naturais e outros recursos com comprovada eficácia terapêutica no tratamento das cefaleias na infância. Deve-se evitar nas crianças medicamentos usados no tratamento dos adultos. Os pais e a criança precisam de muita orientação e isso a Clínica Alecrim oferece a todos os pacientes que aqui se tratam.