Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Dor nos braços

Dores nos braços e ombros

As dores nos braços e ombros podem ter diversas origens. Pode ser consequência de uma compressão de um nervo ou da medula espinhal da coluna vertebral na região cervical. Pode ser por um traumatismo agudo ou crônico de alguma das estruturas que compõem essas regiões, ou seja, músculos, tendões, articulações, nervos, vasos sanguíneos e pele. Pode ser por degeneração dessas estruturas provocadas por má postura, pelo desgaste natural do uso/tempo, pelo excesso de atividades físicas ou pelos movimentos repetitivos gerados no exercício de algumas atividades, sobretudo laborais.

Dor nos braços ou bursite

Antes de começar tratar qualquer dor, sempre é necessária uma avaliação médica para se identificar a causa. Nos casos de dores crônicas, que são dores contínuas, com duração superior a três meses, muitas vezes o quadro doloroso persiste mesmo que o problema que originou a dor tenha desaparecido.

O diagnóstico deve ser feito com base na história clínica do paciente e no exame físico. Às vezes são necessários exames de imagem ou laboratoriais. Nunca um médico poderá deixar de considerar que a dor possa ter origem devido ao quadro psicológico do paciente.  A mente humana não está separada do corpo. Corpo e mente formam um conjunto indissociável, como bem diz uma expressão popular, “quando a mente sofre, o corpo padece”.

As alterações identificadas nos exames de imagem muitas vezes não são a causa da dor, e, sim, consequência. Explicando melhor: um tendão inflamado ou uma “bursite” podem ser secundários a um encurtamento muscular que gera tração nos tendões ou articulações e acabam gerando um processo inflamatório e dor. Nestes casos, não basta um tratamento com anti-inflamatórios, analgésicos ou fazer fisioterapia clássica (calor e frio locais, ultrassom, eletroestimulação cutânea e outras técnicas), pois se o problema da “tração” provocada pelo músculo contraído ou má postura continuar, o processo inflamatório no tendão e/ou nas estruturas que compõem a articulação não irá desaparecer.

É muito comum recebermos na Clínica Alecrim pacientes que já fizeram 20 ou 30 sessões de fisioterapia e não obtiveram melhora da sua dor. Isso acontece porque muitas vezes as pessoas recebem tratamento para a consequência do problema sem que a causa real da dor tenha sido identificada e corrigida.

Além da história clínica, fazemos o exame físico e funcional de todo o sistema músculo-esquelético do paciente, pois desta forma podemos identificar não apenas a consequência da dor, mas também a possível causa do distúrbio que o paciente vem desenvolvendo.

Na Clínica Alecrim utilizamos a acupuntura médica contemporânea associada a eletroneuromodulação periférica como primeiro tratamento. Quando a dor está intensa ou comprometendo muito a vida do paciente, a médica Jerusa Alecrim associa a acupuntura neurofuncional ao uso de medicamentos convencionais e naturais e infiltração de pontos. Outros tratamentos serão sugeridos / indicados conforme cada caso.

Veja um depoimento:

“Eu já vinha sentindo uma dor forte no meu braço por meses. Depois de passar por diversos médicos e tomar vários medicamentos. Apenas resultando em algum alivio temporário, resolvi procurar a acupuntura.

Cheguei a clinica com muita dor. Meus movimentos com o braço direito estavam bem limitados. Coisas simples do dia a dia como pentear meus cabelos ou escovar os dentes, requeriam um esforço grande, e causavam muita dor.

Fiquei impressionada com os detalhes da primeira consulta, rica em detalhes. E o resultado disso foi um diagnostico acertado. Ao contrario do que outros médicos diagnosticaram, a raiz da minha dor não era no meu braço. A dor vinha das costas e eu não percebia. E graças a essa análise certeira, já obtive resultados positivos logo após a primeira sessão.

No decorrer do tratamento obtive melhoras em outras áreas, coisas que se quer achei que acupuntura ajudaria, como por exemplo no meu emocional.

Foi lendo depoimentos de pacientes que me fizeram escolher a Dra. Jerusa Alecrim, por isso estou dando meu depoimento. Eu recomendo Acupuntura, ainda mais como uma especialista como a Dra. Jerusa Alecrim. Ela ė extremamente capacitada e gosta do que faz”.