Não. Podemos apenas falar em controle da frequência, intensidade das crises de enxaqueca e apontar o uso da acupuntura na melhora da qualidade de vida do paciente.

Voltar > Perguntas e Respostas

Perguntas respondidas por Jerusa Alecrim, médica acupunturista especializada no tratamento da dor de cabeça, enxaqueca e outras dores usando técnicas de acupuntura e neurociência.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *