O que é enxaqueca com aura?

Diversos fenômenos acontecem dentro do cérebro de quem tem #enxaqueca. Alguns ocorrem de dois a três dias antes do início da #dor, muitos durante a manifestação da dor e outros depois do término da dor.

O que chamamos de #aura são sintomas bem variados que ocorrem geralmente antes da dor, algumas vezes antes e durante a dor. A aura pode ocorrer também de forma isolada, ou seja, sem que a dor apareça em nenhum momento 😲. Existem pessoas que tem #enxaquecaCOMaura e outras #enxaquecaSEMaura. Porém, as pessoas que têm enxaquecaCOMaura, não costumam apresentar a aura em todas as crises.

A #aura mais frequente é a #auravisual. Ela pode ter vários padrões: flashes de luz, pontos luminosos movendo-se em zigzags, flashes de luzes coloridas, alterações da forma dos objetos, imagens aumentadas ou diminuídas dos objetos visualizados, perda de parte do campo visual e até mesmo, alteração da percepção das distâncias. A aura visual pode vir associada a outras manifestações que também são aura, tais como:
– Alteração de sensações cutâneas (formigamento, adormecimento) nos membros superiores e face;
– Alteração da fala ou dificuldade de se expressar verbalmente;
– Fraqueza muscular (esses casos são chamados de enxaqueca hemiplégica familiar).

O tipo de aura depende sempre das áreas do cérebro onde ocorrem alterações de funcionamento durante as crises de enxaqueca. Muitas pesquisas já demonstraram que pacientes que tem enxaquecaCOMaura tem maior risco de desenvolver acidente vascular cerebral isquêmico e outras complicações cardiovasculares. Por isso, pessoas que têm enxaquecaCOMaura e #enxaquecahemiplégicafamiliar não deveriam fumar e as mulheres deveriam evitar o uso de anticoncepcionais hormonais sobretudo os de uso oral e os injetáveis.

Referências:
1. Kurth T, Winter AC, Eliassen AH, Dushkes R, Mukamal KJ, Rimm EB, Willett WC, Manson JE, Rexrode KM: Migraine and risk of cardiovascular disease in women: prospective cohort study. The BMJ 2016, 353:i2610.
2. Hadjikhani N, Vincent M: Neuroimaging clues of migraine aura. The Journal of Headache and Pain 2019, 20(1):32-32.
3. Zhang Y, Parikh A, Qian S: Migraine and stroke. Stroke Vasc Neurol 2017, 2(3):160-167.
4. de Tommaso M, Trotta G, Vecchio E, Ricci K, Siugzdaite R, Stramaglia S: Brain networking analysis in migraine with and without aura. J Headache Pain 2017, 18(1):017-0803.
5. Burshtein R, Burshtein A, Burshtein J, Rosen N: Are Episodic and Chronic Migraine One Disease or Two? Curr Pain Headache Rep 2015, 19(12):015-0529.
6. Hougaard A, Amin FM, Ashina M: Migraine and structural abnormalities in the brain. Curr Opin Neurol 2014, 27(3):309-314.

Vamos agendar uma consulta? Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo Whatsapp (19) 99516-8476.

Agende uma consulta

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *